Boca Saudável Edição 45 (Abr/Mai 2018)

Gengivoplastia: Você conhece essa técnica?

Para ter um sorriso bonito é necessário observar a saúde dos dentes e também a proporção estética entre eles (cor, formato e alinhamento dos dentes) as gengivas (altura, cor, textura) e o lábios da boca (formato), e somente harmonizando esse conjunto de estruturas é que alcançamos um sorriso bonito e harmônico com seu rosto. Mas hoje vou falar da gengiva para valorizar seu sorriso. A gengiva, além de estar saudável (livre de doenças como a gengivite, a doença periodontal), ela deve estar muito bem entrosada com os dentes, pois ela funciona como a “moldura” da inserção dentária e deve estar aparecendo quando sorrimos em proporção agradável com nossos lábios. Você já deve ter percebido em alguém que, ao sorrir, a pessoa exibe uma extensão maior de gengiva que, muitas vezes, encobre os dentes. São para casos como esse que a gengivoplastia é indicada. Uma cirurgia plástica que tem como finalidade a correção dos tecidos moles através da retirada de excesso de tecido gengival e da reconstrução do contorno da gengiva ao redor dos dentes, visando corrigir os defeitos que apresentam algum tipo de comprometimento estético. A plástica gengival é um procedimento cirúrgico simples no qual as gengivas são remodeladas e, se preciso, há a correção de outras imperfeições como gengiva torta, onde o dentista desloca a gengiva para cima, para baixo ou para os lados, de acordo com o objetivo da cirurgia. O pós-operatório é rápido e sem incômodos, pois durante o procedimento, somente tecidos moles são manipulados, não havendo envolvimento ósseo. Os casos mais indicados são o sorriso gengival, que caracteriza-se pelo crescimento e exposição exagerada da gengiva e pode causar constrangimento ao sorrir. A remodelação apenas é aconselhada quando um dente tem maior cobertura de gengiva do que os dentes vizinhos. A cirurgia também é indicada quando é necessário facilitar a erupção da dentição retida e exposição de cáries subgengivais. E para estar apto para essa cirurgia o paciente deve estar com boa saúde bucal. Se o paciente não possuir inflamações locais, alterações sistêmicas de coagulação e se ele não for um paciente imunodeprimido, quando não apresentam reações imunitárias normais, ele pode realizar esse procedimento sem qualquer contraindicação. Converse com seu dentista para saber se a gengivoplastia é a cirurgia indicada para o seu caso e tenha novamente o prazer de sorrir sem medo!