Casa Mineira: 10 anos de tradição e qualidade no que há de melhor da culinária mineira

Reconhecimento: Nesses 10 anos, restaurante tornou-se referência e recebe clientes de toda a região

Restaurante tornou-se referência e recebe clientes de toda a região

POR THAÍS BEZERRA
FOTOS: DAMARIZ GALVEZ
Divulgação/Casa Mineira

Às vésperas de completar 10 anos, a Casa Mineira já se consolidou como referência em restaurante de comida típica mineira, não só em Paulínia, mas também em toda região. O estabelecimento encanta os clientes pelo sabor incomparável das refeições e pelo atendimento impecável recebido dos funcionários e, principalmente, do casal Rita Sucena e Joaquim Donizete Carvalho, proprietários do local. Quando chegaram a Paulínia, em 1991, Rita e Joaquim já trouxeram na bagagem o sonho de abrir um negócio próprio. Também não esqueceram de trazer muita determinação, força e fé. E hoje, o casal, que não mediu esforços para conquistar seus objetivos, tem muitos motivos para comemorar. “Somos de Minas Gerais, vivíamos em um sítio, e viemos para Paulínia em busca de uma vida melhor. Nós sempre acreditamos que nosso sonho era possível. Precisamos passar por algumas etapas até conseguirmos abrir o restaurante, mas tudo foi no tempo certo e, sem dúvida, valeu à pena”, avalia Joaquim. O restaurante Casa Mineira foi inaugurado no dia 20 de outubro de 2007 em um espaço pequeno, com capacidade para atender pouco mais de 50 pessoas/dia e com apenas dois funcionários. Hoje, são atendidas cerca de 200 pessoas por dia, em um local com 300 metros quadrados e uma equipe de 16 funcionários. “Para a nossa surpresa, em dois meses, tivemos que contratar mais funcionários e já estávamos pensando em ampliar o espaço para atendimento”, conta Rita. Na época em que abriram o restaurante, o casal ainda tinha uma loja de móveis, o Magazine Santa Rita, que foi inaugurado em 1998. No entanto, com a chegada de grandes lojas do segmento de móveis à Paulínia, Rita e Joaquim resolveram investir no ramo de alimentos. Sendo assim, uma parte do prédio ficou para a loja de móveis e a outra parte para o restaurante. “O Magazine Santa Rita foi muito importante para conquistarmos tudo o que temos hoje”, afirmam. Mas o sucesso da Casa Mineira foi tão grande e repentino, que eles resolveram fechar a loja para utilizar o espaço que ela ocupava para ampliar o restaurante.

Negócio em família: O casal conta com a ajuda das filhas, Fernanda (esq.) e Marília (dir.) para administrarem o restaurante e tem novos planos para o futuro da Casa

Sucesso

Mesmo tendo crescido vendo a mãe cozinhar e aprendido com ela a fazer delícias da culinária mineira, Rita nunca tinha tido experiência com restaurantes. “Desde que cheguei em Paulínia, trabalhei em comércio. Acho que essas experiências no comércio e a vivencia que tenho com a cozinha mineira contribuíram muito para o sucesso do restaurante”, declara. E o sucesso desses 10 anos ela atribui também a toda sua equipe, que trabalha com amor para melhor atender os clientes. Em especial, Rita destaca o trabalho do chef Jorge Antônio da Silva, que está com eles desde a inauguração e é responsável pelas delícias servidas na casa. “Contamos com uma equipe muito boa e comprometida e isso faz toda a diferença”, ressalta. Segundo ela, todos formam uma grande família, são tratados com respeito e recebem treinamentos para aperfeiçoar seus conhecimentos. “Valorizamos muito cada funcionário que está com a gente e, na medida do possível, investimos para que eles se aperfeiçoem cada vez mais naquilo que fazem”, disse.

Empreendedorismo: o casal Rita e Joaquim sempre tiveram o sonho de abrir o próprio negócio e hoje comemoram o sucesso dos 10 anos da Casa Mineira

Especialidades

A Casa Mineira oferece uma grande variedade de delícias inspiradas no que há de melhor da culinária mineira. Segundo a proprietária, o pernil a pururuca e o torresmo são os campões de preferência dos clientes. Já na hora da sobremesa, o que mais agrada é o pudim, produzido pelo próprio restaurante, seguido pelo doce de leite. E os números comprovam que o restaurante é realmente um sucesso. Segundo Rita, são produzidos por mês 70 pernis a pururuca, 450 kg de arroz e 130 pudins. “Graças a Deus só temos motivos para comemorar e gostaríamos de fazer um agradecimento especial a todos os clientes, que confiam em nosso trabalho. Sem eles, nada disso seria possível”, enfatiza. Hoje, ao lado das filhas, Fernanda e Marília, que ajudam os pais a administrarem o negócio da família, o casal tem planos para o futuro do restaurante. “Queremos implantar um Espaço Kids para maior comodidade dos pais e, ainda, montar uma lojinha para vender quitutes típicos e artesanato mineiro”, revela. Atualmente, já são vendidos na Casa Mineira farinha, farofa, pinga, vinho e doces em compota.

Dedicação: Chef Jorge Antônio da Silva está à frente da cozinha da Casa Mineira desde a sua inauguração e é responsável pelas delícias servidas pelo restaurante

Eventos Uma opção para quem é fada Casa Mineira é realizar evento a noite no local. O restaurante oferece opções de cardápio para festas particulares como aniversários, confraternização e até mesmo casamento, dependendo do número de convidados.

Cliente mirim: Rita Sucena, proprietária do restaurante, e a pequena Manuela, esbanjando simpatia na Casa Mineira

DEPOIMENTOS
“Frequento a Casa Mineira há 10 anos, desde que foi inaugurada. Gosto muito do ambiente familiar, as pessoas são muito atenciosas e a comida é espetacular. Os proprietários estão sempre preocupados em oferecer o melhor para o cliente e o preço é condizente com o que é servido. Sem dúvida, a melhor opção de restaurante hoje em Paulínia”
José Aparecido Ziliotti, funcionário público 

“Almoço na Casa Mineira todos os sábados. Meu filho de sete anos adora o croquete da casa. Quando vamos lá e não tem o croquete, eles mandam fritar especialmente para ele. É uma família muito unida, organizada e atenciosa. Nesses quatro anos que eu frequento o restaurante, já criamos uma relação de amizade. Indico para todo mundo e sempre que posso levo pessoas novas para conhecer o local. A equipe está de parabéns e que venham muitos e muitos anos de sucesso ”
Valquíria de Souza Santos, bancária

“Um lugar aconchegante, com comida deliciosa e um atendimento sem igual. Essa é a Casa Mineira. Sou cliente fiel desde que o restaurante foi inaugurado. O pernil, a polenta e a banana frita deles não têm igual. É um verdadeiro cantinho mineiro, onde a gente se sente em casa. E esses 10 anos proporcionaram a mim e à minha família excelentes lembranças e maravilhosos sabores”
Alfonso Rosell, economista

“Além de servirem uma comida muito saborosa, os proprietários são muito carismáticos e nos tratam muito bem, por isso sempre voltamos. Minha filha é apaixonada pelo frango empanado. Me sinto muito à vontade e indico a Casa Mineira para todos os meus amigos”
Odete da Silva Santos, consultora

Equipe Casa Mineira: Respeito e valorização do funcionário é uma das prioridades da Casa