Cidade Segura Edição 45 (Abr/Mai 2018)

Carro não é cofre!

Na década de 80, era muito comum encontrar pessoas passeando em shoppings, restaurantes e outros lugares, levando consigo o toca fitas de seu veículo. Tal medida demonstrava uma iniciativa de segurança, diante de inúmeros casos de furto deste objeto naquela época. Com o passar dos anos, a tecnologia evoluiu e foram criados os rádios com frente removível, facilitando muito a vida dos usuários destes equipamentos, que conseguiam proteger seu patrimônio, levando apenas parte do rádio para um passeio no supermercado. Felizmente, a tecnologia anti-furto dos rádios automotivos presente nos atuais veículos fez com que os números deste crime quase zerassem, visto a dificuldade de utilizar o equipamento em outro veículo já que estes possuem codificação atrelada ao número do chassis. Se por um lado não temos mais grandes preocupações com esse equipamento, por outro lado ao longo de três décadas começamos a agregar em nossas vidas inúmeros outros equipamentos essenciais para a vida moderna como smartphones, notebooks, tablets entre outros. Produtos com alto valor agregado e grande facilidade de comercialização no mercado clandestino. Talvez por acreditar que seu rádio automotivo não é mais alvo dos marginais, várias pessoas acabam deixando em seus veículos todos esses equipamentos tecnológicos, muitas das vezes sobre os bancos, o que tem invariavelmente gerado uma série de furtos no interior de veículos. Tais crimes são de difícil repressão pois o furtador espera o momento oportuno para quebrar vidros ou forçar portas e levar tudo o que estiver no interior do veículo parado em via pública.

PARA EVITAR SER VÍTIMA DESSE CRIME, SEGUEM ALGUMAS DICAS DE SEGURANÇA:

-Procure estacionar seu veículo em um local iluminado e com grande fluxo de pessoas.

-Tranque seu veículo ainda que tenha que se ausentar dele por apenas um minuto.

-Não deixe objetos de valor no interior do veículo, lembre-se, carro não é cofre!

-Se for inevitável deixar objetos no interior do veículo, procure não deixá-los a mostra sobre os bancos.

-Ao estacionar seu veículo, retire a chave do contato e tranque, preferencialmente ativando o alarme (muitos dos casos de furto no interior de veículo acontecem pelo fato do veículo ficar aberto e com alarme desligado).

-Em casos de suspeitos rondando veículos estacionados ligue 190 para a Polícia Militar ou 153 para aGuarda Municipal de Paulínia.

Lembre-se, a segurança pública é dever do Estado, mas a responsabilidade é de todos! Cidadão atento é cidadão seguro!