…então é Natal!

Por Dra. Renata Motta

…e mais um Natal e um Ano Novo batem à nossa porta. É tempo de reavaliar nossa trajetória, reorganizar nossos objetivos, reestabelecer metas e principalmente rever nossos valores.
As comemorações de final de ano são na maioria das vezes pontos de referência para mudanças de comportamentos, ideias, atitudes e tantas outras situações que colocamos em nossa lista nestes momentos. Nem sempre o que estamos avaliando apresenta resultados consideravelmente satisfatórios; pode ser um trabalho que não foi possível, uma história que não encerrou, um relacionamento que se perdeu, problemas familiares ou mesmo metas e objetivos que não foram alcançados.
Neste momento então, de tantas considerações emocionais e executivas, começamos a nos colocar à prova, começamos questionar nossas atitudes, nossas capacidades e principalmente, e na maioria das vezes, questionamos nosso próprio valor.
E então começamos a minar nossa Autoestima!
Ela, que é nosso senso próprio de valor, o quanto reconhecemos nossas qualidades apesar de nossas dificuldades e entendemos que precisamos ser amados e aceitos incondicionalmente por nós mesmos, pode ser afetada por fatores como a saúde física e psicológica, eventos negativos da vida, como perder o emprego ou relacionamentos mal sucedidos, disfuncionais ou frustrantes, e um senso geral de falta de controle.

Melhorando a Autoestima
Quando me vejo como indigno de valor diminuo minhas energias e motivação para fazer o que é preciso para me sentir bem. A Autoestima melhora alterando nossos pensamentos e nossos comportamentos, porém é necessário praticá-los até que se comece a ter sentimentos positivos e funcionais sobre si mesmo.
Felizmente, há uma série de ações simples que qualquer pessoa pode fazer para aumentar a sua autoestima e, esperançosamente, romper com esse círculo vicioso. Citarei algumas importantes a seguir.
Comece a fazer de sua Felicidade uma prioridade. Valorize seus sonhos e suas necessidades.
Comece a aceitar as coisas quando não são perfeitas. A perfeição é humanamente inalcançável.
Comece a perceber a beleza dos pequenos momentos. Não espere a vida toda por grandes acontecimentos, escolha ser feliz.
Comece a desfrutar daquilo que você já tem. Não passe toda a sua existência esperando algo que não tem.
Comece a ser você mesmo orgulhosamente. Inspire as pessoas com o que você tem de bom.
Comece a tomar plena responsabilidade pela sua vida. Responsabilize-se por suas escolhas, seus acertos e seus erros.
Comece a dizer mais como você se sente. O simples fato de se colocar e desabafar seus sentimentos é importante para sua melhora.
Comece 2017 amando-se, respeitando-se, tendo mais orgulho de quem você é. Mas lembre-se: lançar mão destas estratégias importantes não substitui o tratamento de um psicólogo profissional.

“A saúde é a maior posse.
O contentamento é o maior tesouro.
A confiança é o maior amigo”.
– Lao Tzugo