Provas beneficentes das gincanas do Anglo Paulínia arrecadam mais de 7 mil itens para projetos sociais de Paulínia e região

Alunos e familiares se empenharam e conseguiram angariar duas toneladas de alimentos, milhares de produtos de limpeza e higiene pessoal e cerca de 2 mil unidades de cobertores, agasalhos e meias que serão transformadas em cobertas para moradores de rua

Nos meses de abril e maio o Anglo Paulínia realizou as gincanas Interferas e Interferinhas. A primeira voltada para os alunos da Unidade José Paulino (Ensino Fundamental II e Ensino Médio) e a segunda destinada às crianças da Unidade Morumbi (Educação Infantil e Ensino Fundamental I).

Durante a realização do evento os alunos participam de provas recreativas, esportivas e culturais, além das provas beneficentes que consistem em arrecadar donativos para serem distribuídos para ações sociais de Paulínia e região.

Em 2019, as gincanas contribuíram com 14 projetos/entidades assistenciais de Paulínia e região. São eles: APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Paulínia, APASFAP (Associação Protetora dos Animais São Francisco de Assis de Paulínia), Associação Leão de Judá, AUPACC (Amigos Unidos Por Amor contra o Câncer), Campanha do Agasalho da Prefeitura Municipal de Paulínia, Centro Boldrini, Casa do Menor de Paulínia, Dona Nilda (líder comunitária do Jd. Amélia), Instituição Ampara, Instituto Padre Haroldo, Projeto Liberdade e Casa de Passagem, e Projeto Meias do Bem da Puket (através da loja Ciranda Cirandinha).

Ao todo foram arrecadados mais de 7 mil itens, entre alimentos, roupas, cobertores, materiais escolares, produtos de limpeza e higiene pessoal e ração para cães e gatos. Deste total, foram angariadas 2 toneladas de comida e cerca de 2 mil unidades de peças de agasalhos, cobertores e meias (que serão transformadas em cobertas e entregues a moradores de rua). 

Os representantes das entidades estiveram antes do início de cada gincana explicando o que cada um dos projetos faz, falando sobre a importância das doações e despertando o espírito de solidariedade nos alunos. Após o término tanto da Interferas quanto da Interferinhas eles retornaram na escola para receber os donativos e agradecer a valiosa contribuição.

Em sua visita à escola, Geraldo Rossi, voluntário do Instituto Padre Haroldo, falou sobre solidariedade de uma maneira diferente. “Quando você doa algo, não é só o sapato, a roupa ou o alimento, você também está doando sorrisos, esperança e, principalmente, motivos para continuar a luta de quem passa por necessidade, seja ela qual for”.

O diretor e sócio mantenedor do Anglo Paulínia, Adilson Alves, aproveita ocasiões como essas para falar sobre o objetivo que ele tinha quando criou a gincana e a Prova Beneficente, 16 anos atrás. 

“A gincana diverte, integra, desenvolve a liderança, incentiva o trabalho em grupo, mas tem também esse viés solidário. Queremos contribuir com as causas sociais e mostrar para os alunos que nós podemos fazer a diferença com nossas ações. Também trazemos os representantes aqui para falar diretamente com eles e, assim, sensibilizá-los com os relatos e fazer com que saibam exatamente para onde vão as doações que eles tanto se empenham para conseguir”.

 

 

 

 

Para conferir o álbum completo, clique aqui.